Aguarde, carregando página

Maria José

José

Humberto

Nidelvis

Deivys

Flor

Nathalie

Euligio

Yousef

Ahmad

Emmanuel

Bestalia

Leona

Talal

Adriana

Ruber

Kelvin

Ottoniel

Deslocamentos e refúgios

Pessoas forçadas a deixar os locais em que vivem. Esse é o foco desta edição do Caderno. Seja por conflitos, desastres ambientais ou perseguições, milhões de seres humanos, ameaçados de terem sua condição de vida insustentável, são obrigados a se deslocar para algum lugar onde possam recomeçar suas trajetórias. Muitas vezes, cruzar a fronteira vai muito além do aspecto geográfico. Essas pessoas encaram desafios variados para usufruir de direitos básicos, assimilar a cultura e a lógica do novo lugar e superar experiências de preconceito e xenofobia. Clique nas fotos para conhecer as histórias de cada um dos retratados no ensaio deste Caderno.

Esta edição pode ser descarregada na íntegra, em PDF.

Terra em trânsito

Nos artigos a seguir, especialistas abordam os fluxos migratórios dentro de uma perspectiva histórica e analisam desdobramentos significativos dos deslocamentos forçados na atualidade

Fora do lugar

Apesar de existir desde a Antiguidade, a condição de refugiado só foi formalizada após a Primeira Guerra Mundial. Veja como está a situação das migrações forçadas no mundo e no Brasil

Maurício Santoro, professor de Relações Internacionais, Uerj

Parâmetros de inclusão

O deslocamento de 70,8 milhões de pessoas pelo mundo lança desafios para que países possam assegurar os direitos humanos e criar mecanismos de solidariedade internacional

José Egas e William Laureano, membros do Acnur

Do global ao local

A mobilidade de pessoas entre países exige políticas e estratégias das esferas federais, mas é no cotidiano das cidades que se reflete a inclusão de migrantes e refugiados

Carolina Moulin, professora de Relações Internacionais, PUC-Rio

Vidas em movimento

Entre dramas e superações, cinco pessoas narram suas trajetórias desde que tiveram de deixar seus países de origem. Na plataforma Repercutindo histórias (REP), você pode assistir a esses relatos, bem como o depoimento da fundadora de uma ONG que cuida de crianças refugiadas

Prudence

Vivianne Reis

Kaysar Dadour

Popole Misenga

Maha Mamo

Whissam Arbash

Olhar na fronteira

Sob enfoques variados, os jornalistas Victor Sá, Joy Ernanny e Ricardo Calil narram histórias sobre a chegada de refugiados venezuelanos em Roraima


No Lugar do outro

Por vários ângulos

Os vídeos a seguir mostram histórias captadas sobre a chegada de refugiados, um perfil da Orquestra Mundana Refugi, exemplo de como a diversidade pode resultar em enriquecimento cultural dos povos e uma peça da campanha Respeito

GloboNews | Sem Fronteiras:

O desafio de acolher refugiados no Brasil e na Alemanha.

Mais Você:

Visita ao campo de refugiados e abrigo no norte do Brasil.

Canal Futura

Orquestra Mundana Refugi e a arte de ouvir o outro

O meu país é a Terra

Vídeo para o Dia Mundial do Refugiado integra a campanha Respeito